‘Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina’ tem recursos acessíveis disponíveis no app MovieReading

Mais um filme com acessibilidade graças à parceria entre a Iguale Comunicação de Acessibilidade e a ETC Filmes

São Paulo, 22 de Julho de 2016 – Uma das muitas atividades aguardadas pela garotada para o período de férias é curtir um cineminha na companhia da família ou dos amigos. E um dos lançamentos que tem levado o público infanto-juvenil para as salas de cinema de todo o país é o filme ‘Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina’. A novidade é que o mesmo ganhou os recursos de LIBRAS, legendas e audiodescrição produzidos pela Iguale Comunicação de Acessibilidade e disponibilizados no app MovieReading.

Mauricio Santana, diretor da Iguale comemora com esta produção mais um filme nacional com acessibilidade, resultado da parceria com a ETC Filmes. Como ele explica, ao decidir pela produção dos recursos de audiodescrição, legendas e LIBRAS, os idealizadores das obras cinematográficas contribuem para que a pessoa com deficiência compreenda com mais riqueza de detalhes as situações contidas no filme, muitas vezes imperceptíveis a quem, por exemplo, tem deficiência visual ou auditiva. E esta é uma grande contribuição, já que os recursos disponíveis no MovieReading têm acesso gratuito. Importante: o aplicativo não depende de rede Wi-fi, por isso pode ser acessado em todas as salas de cinema onde o filme for exibido.

Descrição da imagem ‪#‎PraCegoVer‬: O título do filme “Carrossel 2 – O sumiço de Maria Joaquina” está estampado sobre um céu azul. Ao fundo estão os muitos prédios da cidade de São Paulo.  Logo abaixo, em frente a um muro amarelo e pichado, estão todos os personagens do filme, posando para a foto. Os 17 adolescentes estão sorrindo, e formam duas fileiras. Os da frente estão sentados e os detrás, em pé. Maria Joaquina está no centro delas, com a boca aberta, os braços encolhidos em frente ao peito e as mãos espalmadas para cima, expressando espanto. Atrás dela estão a professora Helena e Didi Mel. Nas laterais do muro os bandidos Gonzales e Gonzalito aparecem como se estivessem se intrometendo na foto.  Logo abaixo das crianças, sobre o asfalto, está escrito: “Eles cresceram. E os desafios também”. O seguinte texto vem logo a seguir:  Com acessibilidade através do app MovieReading Brasil: audiodescrição, LIBRAS e legendas acessíveis.A Iguale Comunicação de Acessibilidade é a representante exclusiva do app. MovieReading no Brasil e na América do Sul Logo e endereço eletrônico: www.moviereadingbrasil.com.br
Descrição da imagem ‪#‎PraCegoVer‬: O título do filme “Carrossel 2 – O sumiço de Maria Joaquina” está estampado sobre um céu azul. Ao fundo estão os muitos prédios da cidade de São Paulo.
Logo abaixo, em frente a um muro amarelo e pichado, estão todos os personagens do filme, posando para a foto. Os 17 adolescentes estão sorrindo, e formam duas fileiras. Os da frente estão sentados e os detrás, em pé. Maria Joaquina está no centro delas, com a boca aberta, os braços encolhidos em frente ao peito e as mãos espalmadas para cima, expressando espanto. Atrás dela estão a professora Helena e Didi Mel. Nas laterais do muro os bandidos Gonzales e Gonzalito aparecem como se estivessem se intrometendo na foto.
Logo abaixo das crianças, sobre o asfalto, está escrito: “Eles cresceram. E os desafios também”.
O seguinte texto vem logo a seguir:
Com acessibilidade através do app MovieReading Brasil: audiodescrição, LIBRAS e legendas acessíveis.A Iguale Comunicação de Acessibilidade é a representante exclusiva do app. MovieReading no Brasil e na América do Sul
Logo e endereço eletrônico: www.moviereadingbrasil.com.br

Ao baixar o app MovieReading em smatphones e tablets, o usuário pode acionar legendas, LIBRAS e audiodescrição que serão sincronizadas, em tempo real ao filme, através do reconhecimento de áudio. Para usar o app com o recurso da audiodescrição, é necessário ter fones de ouvido conectados ao aparelho. O MovieReading sincroniza os arquivos de acessibilidade com o som do filme em exibição através do reconhecimento do áudio, portanto uma dica é ter cuidado para não obstruir a captação do microfone do celular ou tablet. O microfone é o mesmo que transmite a voz para outra pessoa em uma ligação telefônica.

Sinopse

Os malvados vilões Gonzales e Gonzalito saíram da prisão e resolveram colocar seu plano de vingança em prática. Para isso, eles pegaram Maria Joaquina e disseram que só vão devolvê-la se as crianças conseguirem passar por diferentes e perigosas provas criadas por eles mesmos. E não vai ter moleza! Para encarar essas provas, os alunos da escola Mundial terão de se mostrar muito espertos para desvendar charadas, muito preparados fisicamente para vencer os desafios mais absurdos e muito criativos para encontrar a saída a todo tipo de enrascada. Será que eles irão conseguir vencer as provas e salvar Maria Joaquina? Mais do que isso: será que eles vão querer salva-la?

Sobre a Iguale

A Iguale Comunicação de Acessibilidade é a primeira empresa do Brasil criada exclusivamente para pensar e desenvolver soluções assistivas completas em comunicação para pessoas com algum tipo de deficiência. Fundada em 2008, em São Paulo, pelo publicitário, professor universitário e empresário Mauricio Santana, a empresa é precursora do conceito de comunicação de acessibilidade no país. Entre os recursos que a empresa disponibiliza ao mercado estão a audiodescrição, as legendas descritivas (closed caption e open caption), LIBRAS, voice over, acessibilidade web e participação efetiva em muitos projetos com foco em acessibilidade. A Iguale também é a responsável no Brasil e na América do Sul pelo aplicativo MovieReading.

 Mais informações

 Liliana Liberato

 Assessora de Imprensa

 Iguale Comunicação de Acessibilidade

 [email protected]

 (11) 9 7999-2802

 

Maurício Santana ministra oficina sobre audiodescrição no II Encontro de Acessibilidade Comunicacional em Pernambuco

24 de setembro de 2015 – No próximo sábado, dia 26 de setembro, Mauricio Santana, diretor da Iguale Comunicação de Acessibilidade, ministra a oficina “Produção e recursos técnicos para a audiodescrição gravada”, no II Encontro de Acessibilidade Comunicacional em Pernambuco, que acontece na capital, Recife.

Promovido pela VouVer Acessibilidade, o evento realizado em comemoração ao Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, celebrado no dia 21 de setembro, tem como objetivo vivenciar, discutir, experimentar e refletir sobre a aplicabilidade dos recursos de acessibilidade comunicacional. Este ano, o tema principal do evento é “O Espectador em Questão”.

Mauricio Santana é um dos precursores da audiodescrição no Brasil, e sobre este tema tem muito a contribuir ao dividir seu conhecimento e experiência para com os participantes do II Encontro de Acessibilidade Comunicacional em Pernambuco. A intenção é mostrar como a Iguale tem trabalhado a audiodescrição em diferentes projetos, para clientes de perfis distintos.

Para Santana, é uma grande satisfação participar desta iniciativa da VouVer Acessibilidade, pois são eventos como este, que reúnem especialistas, estudiosos e o público em geral, que contribuem não só para com a reflexão sobre o tema Comunicação de Acessibilidade, mas também com a inserção da mesma na sociedade.

A audiodescrição é um recurso acessível, de formato sonoro, responsável por descrever, por intermédio de um profissional denominado audiodescritor, todas as informações visuais de uma obra audiovisual, um impresso, uma fotografia ou outras manifestações culturais e comunicacionais; transformando texto impresso em sonoro, detalhando conteúdos, expressões e gestos, além de cenário, figurino e outros acontecimentos de uma cena, por exemplo.

Agenda:

O que: II Encontro de Acessibilidade Comunicacional em Pernambuco

Onde: Caixa Cultural Recife

Quando: de 18 a 26 de setembro.

Realização: VouVer Acessibilidade

Participação: Mauricio Santana, diretor da Iguale Comunicação de Acessibilidade, dia 26 de setembro, com a oficina “Produção e recursos técnicos para a audiodescrição gravada”

Mais informações: http://zip.net/btr3zz