Filme ‘Mulheres no Poder’ estreia com recursos de acessibilidade através ao app MovieReading

O aplicativo, lançado no Brasil pela Iguale, permite a inserção dos recursos de acessibilidade nas produções audiovisuais, beneficiando pessoas com deficiência visual, auditiva e intelectual

Maio de 2016 – No dia 12 de maio entra em cartaz em cinco cidades o filme Mulheres no Poder, que terá os recursos inclusivos de audiodescrição, legendas e de LIBRAS disponíveis por meio do aplicativo MovieReading. O filme será lançado em São Paulo, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre e Santa Cruz do Sul.

Em parceria com a Lavoro Produções, a Iguale Comunicação de Acessibilidade é a responsável pela produção e aplicação dos recursos de acessibilidade no app MovieReading. Como explica Mauricio Santana, diretor da Iguale, o download do aplicativo é gratuito para IOS e Android. Depois de instalado no celular ou tablet é só o usuário baixar o arquivo referente ao recurso que necessitar para assistir ao filme em tempo real ao exibido na tela do cinema.

Descrição do cartaz (divulgação) #PraCegoVer: foto de pernas femininas vistas de costas em primeiro plano, com saia branca justa com fenda pouco acima do joelho e, nos pés, sapatos scarpin pretos de salto alto pisando no gramado; ao fundo, entre os dois pés, vê-se o Congresso Nacional. Abaixo dessa foto, que ocupa a maior parte da imagem, uma faixa preta com Mulheres no Poder em caixa alta, a palavra Mulheres em branco e as palavras no poder em rosa. Abaixo dessa faixa, fotos de cinco personagens do filme, a maior sendo a foto de Dira Paes, no meio das outras, que ficam enfileiradas na horizontal. Sobre a imagem principal, nomes de patrocinadores, produtores e elenco. Abaixo das fotos das personagens, ficha técnica do filme e bem embaixo logos dos patrocinadores, distribuidores e produtores.
Descrição do cartaz (divulgação) #PraCegoVer: foto de pernas femininas vistas de costas em primeiro plano, com saia branca justa com fenda pouco acima do joelho e, nos pés, sapatos scarpin pretos de salto alto pisando no gramado; ao fundo, entre os dois pés, vê-se o Congresso Nacional. Abaixo dessa foto, que ocupa a maior parte da imagem, uma faixa preta com Mulheres no Poder em caixa alta, a palavra Mulheres em branco e as palavras no poder em rosa. Abaixo dessa faixa, fotos de cinco personagens do filme, a maior sendo a foto de Dira Paes, no meio das outras, que ficam enfileiradas na horizontal. Sobre a imagem principal, nomes de patrocinadores, produtores e elenco. Abaixo das fotos das personagens, ficha técnica do filme e bem embaixo logos dos patrocinadores, distribuidores e produtores.

Para usar o app com o recurso da audiodescrição, é necessário ter fones de ouvido conectados ao seu telefone celular. O MovieReading consegue sincronizar os arquivos de acessibilidade com o som do filme em exibição através do reconhecimento do áudio, portanto uma dica é tomar cuidado para não obstruir a captação do microfone de seu celular ou tablet. Este microfone é o mesmo que transmite sua voz para outra pessoa quando está numa ligação telefônica. O app poderá ser experimentado em todas as salas de cinema onde o filme estiver em cartaz. A Iguale é a responsável no Brasil e na América do Sul pelo aplicativo MovieReading.

Sobre o Filme

Apostando no riso como uma forma de manifestar indignação, a comédia Mulheres no Poder, longa-metragem escrito e dirigido por Gustavo Acioli, narra uma manobra montada pela senadora Maria Pilar (Dira Paes) e pela ministra Ivone Feitosa (Stella Miranda) para fraudar uma concorrência pública. O lobby das duas políticas começa a enfrentar dificuldades quando as assessoras de ambas as autoridades decidem montar um esquema próprio, alheio às intenções de suas empregadoras.

Maria Pilar é uma jovem e carismática senadora, reverenciada em sua terra natal. Em meio à vida palaciana de Brasília, ela articula seus esquemas com charme e bom humor. Características muito diferentes das que compõem a personalidade da ministra Ivone Feitosa. Mais experiente e habituada com os traquejos da política, Ivone delega muitas responsabilidades à sua assessora. É a partir da tramoia elaborada por Ivone e Pilar para burlar a licitação do projeto “Brasil Brasileira” que os meandros da corrupção começam a ser revelados de maneira divertida.

Elenco

Dira Paes (Senadora Maria Pilar)

Stella Miranda (Ministra Ivone Feitosa)

Milena Contrucci Jamel (Madalena)

Gabrielle Lopez (Laila)

João Velho (George)

Paulo Tiefenthaler (Stefan)

Susana Ribeiro (Virgínia Baby)

Roberto Maia (Alberto Baby)

Participações especiais

Totia Meireles

Rogéria

Chica Xavier

Elisa Lucinda

Graciela Pozzobon

Camilo Bevilacqua

Ficha Técnica

Escrito e Dirigido por Gustavo Acioli

Produção: Lavoro Produções

Produtora: Lara Pozzobon

Produção Executiva: Lara Pozzobon Luiz Alberto Gentile

Direção de Fotografia: Pablo Baião e Pablo Hoffmann

Direção de Arte: Elsa Romero e Júlia Pina

Figurino: João De Freitas Henriques

Maquiagem: Evelyn Barbieri

Montagem: Luiz Guimarães De Castro

Desenho de Som e Mixagem: Ricardo Cutz

Som Direto: Rodrigo Maia

Trilha Sonora: Lucas Marcier e Fabiano Krieger

Direção de Produção: Ciça Bertoche

Produção Brasília: Cor Filmes

Pós-Produção de Imagem: Afinal Filmes

Abertura e Créditos Finais: Bruno Ribeiro

Coprodução: Afinal Filmes e Canal Brasil

Distribuição: Downtown Filmes e Paris Filmes

Patrocínio: Petrobrás, Klabin, Inagro, Barudan e Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

MovieReading (acessibilidade): Iguale Comunicação de Acessibilidade

Descrição do cartaz (divulgação) #PraCegoVer: foto de pernas femininas vistas de costas em primeiro plano, com saia branca justa com fenda pouco acima do joelho e, nos pés, sapatos scarpin pretos de salto alto pisando no gramado; ao fundo, entre os dois pés, vê-se o Congresso Nacional. Abaixo dessa foto, que ocupa a maior parte da imagem, uma faixa preta com Mulheres no Poder em caixa alta, a palavra Mulheres em branco e as palavras no poder em rosa. Abaixo dessa faixa, fotos de cinco personagens do filme, a maior sendo a foto de Dira Paes, no meio das outras, que ficam enfileiradas na horizontal. Sobre a imagem principal, nomes de patrocinadores, produtores e elenco. Abaixo das fotos das personagens, ficha técnica do filme e bem embaixo logos dos patrocinadores, distribuidores e produtores.

Sobre a Iguale Comunicação de Acessibilidade

A Iguale Comunicação de Acessibilidade é a primeira empresa do Brasil criada exclusivamente para pensar e desenvolver soluções assistivas completas em comunicação para pessoas com algum tipo de deficiência. Fundada em 2008, em São Paulo, pelo publicitário, professor universitário e empresário Mauricio Santana, a empresa é precursora do conceito de comunicação de acessibilidade no país. Entre os recursos que a empresa disponibiliza ao mercado estão a audiodescrição, as legendas descritivas (closed caption e open caption), LIBRAS, voice over, acessibilidade web e participação efetiva em muitos projetos com foco em acessibilidade.

Mais informações:

Liliana Liberato

Assessora de Imprensa

Iguale Comunicação de Acessibilidade

imprensa@iguale.com.br

(11) 9 7999-2802

Filme ‘Mulheres no Poder’ estreia com recursos de acessibilidade através ao app MovieReading

O aplicativo, lançado no Brasil pela Iguale, permite a inserção dos recursos de acessibilidade às produções audiovisuais beneficiando pessoas com deficiência intelectual, visual e auditiva

25 de agosto de 2015 – Nesta terça-feira acontece em Brasília a pré-estreia do filme Mulheres no Poder que terá os recursos inclusivos de audiodescrição, legendas e de LIBRAS disponíveis por meio do aplicativo MovieReading.

Segundo os organizadores, pessoas com todos os tipos de deficiência estão convidadas a participar da pré-estreia que acontecerá às 21h em duas salas do shopping Iguatemi Brasília. É fundamental fazer a reserva com antecedência, por isso os interessados devem solicitar o convite pelo e-mail lavoroprod@hotmail.com.

Em parceria com a Lavoro Produções, a Iguale Comunicação de Acessibilidade é a responsável pela produção e aplicação dos recursos de acessibilidade no app MovieReading. Como explica Mauricio Santana, diretor da Iguale, o download do aplicativo é gratuito para IOS e Android. Depois de instalado no celular ou tablet é só o usuário baixar o arquivo referente ao recurso que necessitar para assistir ao filme em tempo real ao exibido na tela do cinema.

Descrição do cartaz (divulgação): foto de pernas femininas vistas de costas em primeiro plano, ao fundo vê-se o prédio do Congresso Nacional.
Descrição do cartaz (divulgação): foto de pernas femininas vistas de costas em primeiro plano, ao fundo vê-se o prédio do Congresso Nacional.

Para usar o app com o recurso da audiodescrição, é necessário ter fones de ouvido conectados ao seu dispositivo mobile. O MovieReading consegue sincronizar os arquivos de acessibilidade com o som do filme em exibição através do reconhecimento do áudio, portanto uma dica é tomar cuidado para não obstruir a captação do microfone de seu celular ou tablet. Este microfone é o mesmo que transmite sua voz para outra pessoa quando está numa ligação telefônica. O app poderá ser experimentado em todas as salas de cinema onde o filme estiver em cartaz. A Iguale é a responsável no Brasil e na América Latina pelo aplicativo MovieReading.

Sobre o Filme

Apostando no riso como uma forma de manifestar indignação, a comédia Mulheres no Poder, longa-metragem escrito e dirigido por Gustavo Acioli, narra uma manobra montada pela senadora Maria Pilar (Dira Paes) e pela ministra Ivone Feitosa (Stella Miranda) para fraudar uma concorrência pública. O lobby das duas políticas começa a enfrentar dificuldades quando as assessoras de ambas as autoridades decidem montar um esquema próprio, alheio às intenções de suas empregadoras.

Maria Pilar é uma jovem e carismática senadora, reverenciada em sua terra natal. Em meio à vida palaciana de Brasília, ela articula seus esquemas com charme e bom humor. Características muito diferentes das que compõem a personalidade da ministra Ivone Feitosa. Mais experiente e habituada com os traquejos da política, Ivone delega muitas responsabilidades à sua assessora. É a partir da tramoia elaborada por Ivone e Pilar para burlar a licitação do projeto “Brasil Brasileira” que os meandros da corrupção começam a ser revelados de maneira divertida.

Elenco

Dira Paes (Senadora Maria Pilar)

Stella Miranda (Ministra Ivone Feitosa)

Milena Contrucci Jamel (Madalena)

Gabrielle Lopez (Laila)

João Velho (George)

Paulo Tiefenthaler (Stefan)

Susana Ribeiro (Virgínia Baby)

Roberto Maia (Alberto Baby)

Participações especiais

Totia Meireles

Rogéria

Chica Xavier

Elisa Lucinda

Graciela Pozzobon

Camilo Bevilacqua

Ficha Técnica

Escrito e Dirigido por Gustavo Acioli

Produção: Lavoro Produções

Produtora: Lara Pozzobon

Produção Executiva: Lara Pozzobon Luiz Alberto Gentile

Direção de Fotografia: Pablo Baião e Pablo Hoffmann

Direção de Arte: Elsa Romero e Júlia Pina

Figurino: João De Freitas Henriques

Maquiagem: Evelyn Barbieri

Montagem: Luiz Guimarães De Castro

Desenho de Som e Mixagem: Ricardo Cutz

Som Direto: Rodrigo Maia

Trilha Sonora: Lucas Marcier e Fabiano Krieger

Direção de Produção: Ciça Bertoche

Produção Brasília: Cor Filmes

Pós-Produção de Imagem: Afinal Filmes

Abertura e Créditos Finais: Bruno Ribeiro

Coprodução: Afinal Filmes e Canal Brasil

Distribuição: Downtown Filmes e Paris Filmes

Patrocínio: Petrobrás, Klabin, Inagro, Barudan e Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

MovieReading (acessibilidade): Iguale Comunicação de Acessibilidade

Descrição do cartaz (divulgação): foto de pernas femininas vistas de costas em primeiro plano, ao fundo vê-se o prédio do Congresso Nacional.