O filme ‘O Começo da Vida’ estreia com o aplicativo para acessibilidade MovieReading

No Brasil e na América do Sul, o app é representado pela Iguale Comunicação de Acessibilidade, empresa pioneira e  especialista em produzir recursos inclusivos para a comunicação

5 de maio de 2016 – O filme ‘O Começo da Vida’ percorreu os quatro cantos do mundo para mostrar a importância dos primeiros anos de vida na formação de cada pessoa. Com estreia neste dia 5 de maio, será exibido nos cinemas e na plataforma VideoCamp, com dublagem,  legendas em diferentes línguas, e também utilizando  o aplicativo MovieReading. A produção desta obra audiovisual que aborda a importância da primeira infância é uma iniciativa das instituições Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, Bernard Van Leer Foundation, Instituto Alana e UNICEF.

Descrição da imagem #PraCegoVer: na parte superior, divididas em quatro partes iguais, estão dispostas quatro fotos distintas. A primeira, da esquerda para a direita, é de uma senhora asiática segundo no colo uma menininha também asiática. A segunda imagem é de uma jovem mulher de pele morena e cabelo crespo, castanho escuro, segurando ao colo um menininho de cabelos crespos, também castanhos. O bebê está de costas. Na terceira imagem há um homem, jovem de pele clara, barba e cabelos castanhos claros segurando em seu colo um bebê carequinha. Na imagem não é possível ver o rosrto da criança. Na quarta imagem há uma menina, bebê, de pele clara, olhos e cabelos castanhos, olhando para o alto como quem pede atenção. Ela está com a boca levemente aberta. A menina veste um vestido vermelho de bolinhas rosas. Na parte de baixo dessas quatro imagens estão as informações: O Começo da Vida, direção de Estela Renner – 5 de Maio nos Cinemas – Entrada gratuita em todas as salas em cartaz. Johnson’s apoia este movimento.
Descrição da imagem #PraCegoVer: na parte superior, divididas em quatro partes iguais, estão dispostas quatro fotos distintas. A primeira, da esquerda para a direita, é de uma senhora asiática segundo no colo uma menininha também asiática. A segunda imagem é de uma jovem mulher de pele morena e cabelo crespo, castanho escuro, segurando ao colo um menininho de cabelos crespos, também castanhos. O bebê está de costas. Na terceira imagem há um homem, jovem de pele clara, barba e cabelos castanhos claros segurando em seu colo um bebê carequinha. Na imagem não é possível ver o rosrto da criança. Na quarta imagem há uma menina, bebê, de pele clara, olhos e cabelos castanhos, olhando para o alto como quem pede atenção. Ela está com a boca levemente aberta. A menina veste um vestido vermelho de bolinhas rosas. Na parte de baixo dessas quatro imagens estão as informações: O Começo da Vida, direção de Estela Renner – 5 de Maio nos Cinemas – Entrada gratuita em todas as salas em cartaz. Johnson’s apoia este movimento.

Como a intenção dos realizadores é de que o filme chegue ao conhecimento do maior número de pessoas possível e que sensibilize ONGs, pais, famílias, cuidadores, profissionais da saúde, assistentes sociais e educadores, foi dublado em seis línguas (inglês, português, espanhol, francês, árabe e chinês) e legendado em 21 (inglês, português, espanhol, francês, alemão, italiano, árabe, finlandês, norueguês, sueco, português europeu, dinamarquês, holandês, castelhano, japonês, duas versões em chinês, coreano, russo, turco e indonésio).

O filme conta ainda com versões dos recursos acessíveis através do  aplicativo MovieReading, desenvolvido na Europa pela italiana Universal Multimedia Acces e representado no Brasil e América do Sul pela Iguale Comunicação de Acessibilidade. Neste caso, o intuito dos realizadores é proporcionar acessibilidade nas salas de cinema, home vídeo (DVD – Blu-Ray) e On Demand.

Ao baixar o app em smatphones e tablets, o usuário pode acionar legendas, LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) e audiodescrição que serão sincronizadas, em tempo real, com “O Começo da Vida”, através do reconhecimento de áudio. Essa inovação da tecnologia assistiva permite que o entendimento da obra pelas pessoas com deficiência visual, auditiva e intelectual seja ampliado significativamente .

Sobre o filme

“Queremos criar um movimento em prol da Primeira Infância (período que vai da gestação aos seis anos), pois a ciência nos traz evidências de que o pleno desenvolvimento no começo da vida é essencial para a construção de uma sociedade mais justa”, diz Eduardo C. Queiroz, diretor-presidente da FMCSV.

Para saber mais acesse: http://www.fmcsv.org.br/pt-br/o-que-fazemos/filme-o-comeco-da-vida/Paginas/filme-o-comeco-da-vida.aspx

Sobre a Iguale Comunicação de Acessibilidade

A Iguale Comunicação de Acessibilidade é a primeira empresa do Brasil criada exclusivamente para pensar e desenvolver soluções assistivas completas em comunicação para pessoas com algum tipo de deficiência. Fundada em 2008, em São Paulo, pelo publicitário, professor universitário e empresário Mauricio Santana, a empresa é precursora do conceito de comunicação de acessibilidade no  país. Entre os recursos que a empresa disponibiliza ao mercado estão a audiodescrição, as legendas descritivas ( LIBRAS, voice over, acessibilidade web e participação efetiva em muitos projetos com foco em acessibilidade.

Mais informações

Liliana Liberato

Assessora de Imprensa

Iguale Comunicação de Acessibilidade

imprensa@iguale.com.br

(11) 9 7999-2802

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.