Arquivo da tag: Virada Inclusiva

Unidades do Sesc São Paulo terão atividades com audiodescrição da Iguale neste fim de semana

Sesc Vila Mariana, Sesc Santana e o CineSesc, ambos na capital paulista, estarão com filmes e espetáculos em cartaz contendo o recurso acessível de audiodescrição

Dezembro de 2015 – Os espetáculos Macbeth, Medida por Medida e Fantasmas, mais os filmes Rhamata, Shaun Carnêro e Que horas ela volta? poderão ser vistos este fim de semana, com o recurso de audiodescrição produzido pela Iguale, na programação da Semana Inclusiva promovida pelo Sesc São Paulo, nas unidades da Vila Mariana, Santana, e CineSesc. As atividades fazem parte da Virada Inclusiva promovida pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo (SEDPcD).

Descrição da foto: a metade esquerda da imagem horizontal estão os atores Luisa Thiré, que interpreta Isabela, e Marco Antônio Pâmio, o Duque, na peça "Medida por Medida". Já na metade direita desta mesma imagem estão os atores Thiago Lacerda, que interpreta o personagem Macbeth, e Giulia Gam, a Lady Macbeth, no espetáculo "Macbeth" . Ambos os espetáculos são do repertório de William Shakespeare.

Descrição da foto: na metade esquerda da imagem horizontal estão os atores Luisa Thiré, que interpreta Isabela, e Marco Antônio Pâmio, o Duque, na peça “Medida por Medida”. Já na metade direita desta mesma imagem estão os atores Thiago Lacerda, que interpreta o personagem Macbeth, e Giulia Gam, a Lady Macbeth, no espetáculo “Macbeth” . Ambos os espetáculos são do repertório de William Shakespeare.

A Semana Inclusiva do Sesc São Paulo, que acontece de 1 a 6 de dezembro, reúne uma série de atividades que incentivam o protagonismo das pessoas com deficiência, criando condições para sua inclusão em todos os aspectos – cultural, esportivo, educativo e cidadão. O evento contempla oficinas, espetáculos, atividades esportivas, palestras e vivências, dentre outras atividades, para participação conjunta de pessoas com e sem deficiência nas unidades do Sesc na capital, no interior e no litoral do Estado de São Paulo.

Programação Semana Inclusiva

Dia 4 de dezembro (sexta-feira)

21h - Sesc Vila Mariana – Espetáculo Medida por Medida (audiodescrição)

Dia 5 de dezembro (sábado)

14h às 17h - Sesc Vila Mariana – Mostra Cinema Negro Brasil/África: Itinerância Centro Afrocarioca de Cinema Zózimo Bulbul. Filmes: Ramatha e Emporadas  (audiodescrição)

21h - Sesc Vila Santana – Espetáculo: Fantasmas (audiodescrição)

21h - Sesc Vila Mariana – Espetáculo Macbeth (audiodescrição)

21h - CineSesc – Filme Que Horas ela volta? (audiodescrição)

Dia 6 de dezembro (domingo)

11h - CineSesc – Filme Shaun Carnêro (Infantil – audiodescrição)

21h - Sesc Vila Mariana – Filme Medida por Medida (audiodescrição)

Iguale faz audiodescrição para os espetáculos Macbeth e Medida por Medida em cartaz no Sesc Vila Mariana

Dezembro de 2015 – Os espetáculos Macbeth e Medida por Medida, ambos do repertório do dramaturgo inglês William Shakespeare, em cartaz no Sesc da Vila Mariana, em São Paulo, terão ao longo desta semana o recurso inclusivo de audiodescrição produzido pela Iguale Comunicação de Acessibilidade. As sessões de teatro acessível fazem parte da Semana Inclusiva do Sesc São Paulo – evento integrante da Virada Inclusiva promovida pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo (SEDPcD).

O espetáculo Macbeth estará em cartaz nesta quinta-feira, dia 3, e sábado, dia 5. Já a peça Medida por Medida pode se vista amanhã e domingo. Essas sessões terão início às 21h, contendo a audiodescrição.

Também no Sesc Vila Mariana haverá no sábado audiodescrição para os filmes Ramatha e Emporadas, exibidos na Mostra Cinema Negro Brasil/África: Itinerância Centro Afrocarioca de Cinema Zózimo Bulbul. Após a exibição, acontecerá um debate com as cineastas Renata Martins e Joyce Prado. Este bate-papo terá audiodescrição ao vivo da Iguale.

De formato sonoro, a audiodescrição descreve por intermédio de um profissional denominado audiodescritor, todas as informações visuais de uma obra audiovisual, um impresso, uma fotografia ou outras manifestações culturais e comunicacionais; transformando texto em som, detalhando conteúdos, expressões e gestos, além de cenário, figurino e outros acontecimentos de uma cena, por exemplo.

Sobre os espetáculos

Macbeth - Macbeth, um general corajoso, ao voltar triunfante da guerra, encontra três mulheres misteriosas, feiticeiras, que lhe fazem a seguinte profecia: Macbeth será, em um futuro próximo, rei da Escócia. A ambiciosa Lady Macbeth, esposa de Macbeth, ao ficar sabendo da profecia, instiga seu marido a matar Duncan, o atual rei.

Macbeth, uma tragédia, traz um cenário de guerra permeado por pensamentos relacionados à origem do mal e da ambição que podem levar o homem a matar. Mas surgem algumas reflexões, como, de onde vem o mal? Onde se encontra o germe de uma ambição tão desenfreada que nos levar a matar?

Ficha técnica

Elenco: Thiago Lacerda, Giulia Gam, Marco Antônio Pâmio, Luisa Thiré e outros.

Direção: Ron Daniels

Media por Medida – Alarmado com a imoralidade e a corrupção que tomaram conta de sua cidade, o Duque resolve reintroduzir uma antiga lei que pune todo e qualquer abuso sexual com a morte. Contudo, ele deixa que a lei seja implementada por seu vice, Ângelo, a quem transfere o poder por um período, enquanto ele se disfarça de frei para observar tudo à distância.

Em Medida Por Medida, no caos da paz, o mundo se transformou em um bordel. Este é um mundo povoado por homens de grande poder e também por padres e freiras, prostitutas e cafetões, bêbados e arruaceiros, gente alegre e simples que leva a vida nas ruas, nos conventos, nos bordéis e nas prisões da cidade.

Ficha técnica

Elenco: Marco Antônio Pâmio, Luisa Thiré, Thiago Lacerda, Giulia Gam e outros.

Direção: Ron Daniel

Programação com audiodescrição Iguale

Dia 3 de dezembro (quinta-feira)

21h – Sesc Vila Mariana – Espetáculo Macbeth

Dia 4 de dezembro (sexta-feira)

21h – Sesc Vila Mariana – Espetáculo Medida por Medida

Dia 5 de dezembro (sábado)

21h – Sesc Vila Mariana – Espetáculo Macbeth

Dia 6 de dezembro (domingo)

21h – Sesc Vila Mariana – Espetáculo Medida por Medida

Semana Inclusiva: Iguale faz legendas Open Caption para filme ‘Pelo Malo’ em cartaz no Sesc Santo Amaro

Dezembro de 2015 – O filme Pelo Malo, em cartaz nesta quarta-feira, dia 2 de dezembro, no Sesc Santo Amaro, em São Paulo, será exibido com legendas Open Caption produzidas pela Iguale Comunicação de Acessibilidade. A sessão de cinema acessível faz parte da Semana Inclusiva do Sesc São Paulo – evento integrante da Virada Inclusiva promovida pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo (SEDPcD).

 Semana Inclusiva

A Semana Inclusiva, que acontece de 1 a 6 de dezembro, reúne uma série de atividades que incentivam o protagonismo das pessoas com deficiência, criando condições para sua inclusão em todos os aspectos – cultural, esportivo, educativo e cidadão. O evento contará com oficinas, espetáculos, atividades esportivas, palestras e vivências, dentre outras atividades, para participação conjunta de pessoas com e sem deficiência nas unidades do Sesc na capital, no interior e no litoral do Estado de São Paulo.

Sinopse

Junior é um menino de nove anos que tem “cabelo ruim”. Ele quer alisá-lo para sua foto no álbum de formatura para ficar parecido com um cantor famoso. Isso o faz entrar em conflito com a mãe, Marta. Quanto mais Júnior tenta melhorar o visual pelo amor da mãe, mais ela o rejeita. Até que ele é encurralado, cara a cara, com uma decisão dolorosa. Vencedor da Concha de Ouro de Melhor Filme no Festival de San Sebastião (Espanha).

Ficha técnica

Direção: Mariana Rondón

Duração: 95 min

Legenda em Português – Espanha, 2013

Recurso acessível de Open Caption: Iguale Comunicação de Acessibilidade

Agenda:

Filme: Pelo Malo

Local: Teatro Sesc Santo Amaro (1º andar)

Data: 2 de dezembro de 2015 (quarta-feira)

Horário: 19h

Endereço: Rua Amador Bueno, 541-559, Santo Amaro – São Paulo –SP.

 

 

Atrações da Semana Inclusiva de unidades do Sesc São Paulo terão recursos acessíveis produzidos pela Iguale

Sesc Vila Mariana, Sesc Santana e o CineSesc, ambos na capital paulista, estarão com filmes e espetáculos em cartaz contendo recursos acessíveis de Open Caption e audiodescrição

Dezembro de 2015 – Os espetáculos Macbeth, Medida por Medida e Fantasmas, mais os filmes Pelo Malo, Ramatha, Shaun Carnêro e Que horas ela volta? terão durante a Semana Inclusiva do Sesc São Paulo – evento integrante da Virada Inclusiva promovida pela Secretaria dos Direitos da Pessoas com Deficiência do Estado de São Paulo (SEDPcD) –, recursos inclusivos produzidos pela Iguale Comunicação de Acessibilidade.

No Sesc Santo Amaro, o filme Pelo Malo, será exibido no dia 2, com as legendas Open Caption. No Sesc da Vila Mariana, nos dias 3, 4, 5 e 6 de dezembro, os profissionais da Iguale estarão à frente dos recursos inclusivos de audiodescrição dos espetáculos Mackbeth e Medida por Medida, ambos do repertório de Willian Shakespeare; bem como da  Mostra Cinema Negro Brasil/África: Itinerância Centro Afrocarioca de Cinema Zózimo Bulbul,  que terá, após a exibição dos filmes Ramatha e Emporadas, debate com as cineastas Renata Martins e Joyce Prado. Este bate-papo com as diretoras do filme Ramatha também será acessível, com audiodescrição ao vivo da Iguale.

Já no Sesc Santana o espetáculo Fantasmas, do conceituadíssimo dramaturgo norueguês Henrik Joahn Ibsen, terá sessão com audiodescrição no sábado, dia 5, e neste mesmo dia, no CineSesc, acontecerá a exibição do drama indicado para representar o Brasil na disputa pelo  Oscar 2016, Que horas ela volta?, escrito e dirigido por Anna Muylaert. Também no CineSesc, mas no domingo, dia 6, o desenho animado Shaun Carnêro, será exibido com audiodescrição. Confira os horários na programação abaixo. Mais detalhes, no endereço: http://zip.net/bgssKm

Programação da Semana Inclusiva com recursos Iguale

Dia 2 de dezembro (quarta-feira)

19h - Sesc Santo Amaro – Filme Pelo Malo

Recurso acessível Iguale: legendas Open Caption

Dia 3 de dezembro (quinta-feira)

21h - Sesc Vila Mariana – Espetáculo Macbeth

Recurso acessível Iguale: audiodescrição

Dia 4 de dezembro (sexta-feira)

21h - Sesc Vila Mariana – Espetáculo Medida por Medida

Recurso acessível Iguale: audiodescrição

Dia 5 de dezembro (sábado)

14h às 17h - Sesc Vila Mariana – Mostra Cinema Negro Brasil/África: Itinerância Centro Afrocarioca de Cinema Zózimo Bulbul. Filmes: Ramatha e Emporadas

Recurso acessível Iguale: audiodescrição

21h - Sesc Santana – Espetáculo: Fantasmas

Recurso acessível Iguale: audiodescrição

21h - Sesc Vila Mariana – Espetáculo Macbeth

Recurso acessível Iguale: audiodescrição

21h - CineSesc – Filme Que Horas ela volta?

Recurso acessível Iguale: audiodescrição

Dia 6 de dezembro (domingo)

11h - CineSesc – Filme Shaun Carnêro (Infantil)

Recurso acessível Iguale: audiodescrição

21h - Sesc Vila Mariana – Medida por Medida

Recurso acessível Iguale: audiodescrição

Iguale marca presença na 4ª Virada Inclusiva de São Paulo

A 4ª edição da Virada Inclusiva, promovida pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, entre os dias 30 de novembro, 1 e 3 de dezembro, em todo o estado de São Paulo, contou com a participação ativa da equipe da Iguale Comunicação de Acessibilidade.

No dia 30 de novembro, a Iguale produziu audiodescrição para o monólogo “A arte e a maneira de abordar seu chefe para pedir aumento”, interpretado pelo ator Marco Nanini. O espetáculo esteve em cartaz no Sesc Vila Mariana, em São Paulo.

 Já no dia 1º de dezembro, a Iguale fez a tradução e interpretação de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), para os espetáculo infantil “Top Patoc”, do grupo teatral Tiquequê, em cartaz no Sesc Itaquera, também em São Paulo. Para este mesmo grupo, a Iguale fez também a tradução e interpretação em LIBRAS para o espetáculo “Tu toca o que?”, no dia 8 de dezembro, também no Sesc Itaquera.

 As sessões dos filmes “Girimunho” e “Menos que Nada”, em exibição no Sesc São Carlos, no interior de São Paulo, também no dia 1º de dezembro, tiveram, por sua vez, a audiodescrição da Iguale Comunicação de Acessibilidade.

 E no dia 3 de dezembro, a exibição do filme “Central do Brasil”, no Sesc Santana, em São Paulo, contou com audiodescrição e legendas open caption produzidas pela equipe da Iguale.

Sesc Santana exibe filme ‘Central do Brasil’ com audiodescrição e open caption

São Paulo, 2 de dezembro de 2013 – O Sesc Santana, em São Paulo, exibe nesta terça-feira, dia 3 de dezembro, às 20h, o filme Central do Brasil, com os recursos inclusivos de audiodescrição (AD) e legendas open caption produzidos pela Iguale Comunicação de Acessibilidade.

A audiodescrição permitirá que pessoas com deficiência visual ou baixa visão compreendam com riqueza de detalhes, informações do filme exclusivamente visuais, traduzidas e narradas ao vivo, para o verbal. Já as legendas open caption, apresentarão as indicações do áudio original do filme (diálogos, ruídos, trilhas, etc), para que a pessoa com deficiência auditiva tenha um melhor entendimento de tudo o que se passa na obra.

Esta sessão com os recursos inclusivos faz parte das atividades do Sesc Santana, dentro da 4ª edição da Virada Inclusiva, promovida pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, entre os dias 30 de novembro, 1 e 3 de dezembro, em todo o estado de São Paulo. Para saber mais acesse: viradainclusiva.sedpcd.sp.gov.br.

Sinopse: Dora escreve cartas na Central do Brasil. Josué, um garoto de nove anos, perde a mãe, atropelada. Do encontro dos dois, nasce uma viagem ao interior do Nordeste, em busca do pai que Josué não conheceu.

Elenco: Fernanda Montenegro e Vinicius de Oliveira

Direção: Walter Salles

Agenda:

Filme com audiodescrição e open caption

Local: Sesc Santana – São Paulo

Data: 3 de dezembro de 2013

Horário: 20h

Audiodescrição e legendas open caption: Iguale Comunicação de Acessibilidade

Sesc São Carlos terá sessões com audiodescrição para os filmes ‘Girimunho’ e ‘Menos que nada’

São Carlos, 28 de novembro de 2013 – As sessões dos filmes “Girimunho” e “Menos que Nada”, no Sesc São Carlos, no dia 1º de dezembro, terão audiodescrição da Iguale Comunicação de Acessibilidade. Este recurso é ideal para promover a inclusão da pessoa com deficiência visual ou baixa visão, já que traduz do visual para o verbal, imagens dinâmicas ou estáticas em descrições sonoras isentas de julgamento de valores e com o máximo de detalhes possíveis, relatando de forma harmônica, toda e qualquer informação visual das cenas destas obras cinematográficas.

A exibição dos filmes com audiodescrição faz parte da programação da Virada Inclusiva do Sesc São Carlos, atrelada ao “Dia Internacional da Pessoa com Deficiência”, comemorado no dia 3 de dezembro. Segundo Susana Coutinho de Souza, que atua no departamento de Programação do Sesc São Carlos, no fim de semana que conecta os meses de novembro e dezembro, o Sesc São Paulo, em parceria com a Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, promove a quarta edição da Virada Inclusiva. Os eventos, oficinas e demais atividades têm como objetivo estimular o exercício da cidadania e a inclusão social de todas as pessoas, com e sem deficiência, em ações culturais, esportivas e de lazer.

Estas sessões com o recurso de audiodescrição fazem parte das atividades do Sesc São Carlos, dentro da 4ª edição da Virada Inclusiva. Para saber mais acesse: viradainclusiva.sedpcd.sp.gov.br.

Sobre os filmes

Girimunho – Conta a história de duas mulheres que observam os redemoinhos no rio, em pleno sertão mineiro. Uma delas perdeu o marido e sofre, em silêncio, tendo apenas as novidades dos netos como consolação. A outra carrega consigo um tambor e marca o ambiente com seus sons. Elenco: Maria Sebastiana Martins Álvaro, Luciene Soares da Silva.

Esta foto mostra a personagem Bastú, uma senhora de aproximadamente 65 anos, de pele morena bem queimada pelo sol, cabelos compridos, lisos e grisalhos que descem até o meio de suas costas. Ela está do lado direito da imagem, de perfil, olhando para frente enquanto sorri. A foto só revela a parte superior de seu corpo, do tórax para cima. Ela tem os braços esticados à frente e suas mãos se apoiam em um objeto metálico. Usa um vestido escuro, de mangas curtas e detalhes floridos. Ao fundo há uma parede desgastada, feita de tijolos de barro e sem acabamento. Crédito: divulgação

Menos que nada – Dante é um doente mental que está internado em um hospital psiquiátrico. Ele foi diagnosticado com esquizofrenia e não fala com ninguém ou recebe visitas. Este homem desperta a atenção da Dra. Paula, uma jovem residente que decide tratá-lo após acompanhar um de seus surtos no pátio do hospital. Procurando desvendar as relações sociais do paciente, a médica decide colher uma série de depoimentos de pessoas que conviviam com Dante antes do tratamento.  Elenco: Felipe Kannenberg, Bianca Messina, Rosanne Mulholland.

Esta foto do filme "Menos que nada" mostra as personagens "Doutora Paula" e "Dante" em um grande pátio, vistos através de grades de ferro, como as de um presídio. Ela está do lado esquerdo da imagem. Tem aproximadamente 30 anos, a pele clara e os cabelos lisos na altura do pescoço. Usa um jaleco branco. Está com o tronco curvado para frente, olhando nos olhos de Dante. Ele, que está no canto direito da imagem, parece estar sentado e cabisbaixo. Seu ombro esquerdo está apoiando na grade. Tem pele clara, cabelos desgrenhados, barba e bigode escuros. Usa camiseta cinza. Crédito: divulgação

Agenda:

Filmes com audiodescrição

Realização: Sesc São Carlos

Data: Dia 1 de dezembro

Horário: 17h – Girimunho

Horário: 19h – Menos que nada

Audiodescrição: Iguale Comunicação de Acessibilidade – www.iguale.com.br

Monólogo de Marco Nanini tem sessões com audiodescrição

A Iguale é a responsável pela produção do recurso de acessibilidade para o espetáculo

São Paulo, 28 de novembro de 2013 – Nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, o espetáculo teatral “A arte e a maneira de abordar seu chefe para pedir aumento”, em cartaz no Sesc Vila Mariana, em São Paulo, terá audiodescrição da Iguale Comunicação de Acessibilidade. Com este recurso, o monólogo interpretado pelo ator Marco Nanini, permitirá que pessoas com deficiência visual compreendam, com riqueza de detalhes, informações exclusivamente visuais, traduzidas, em tempo real, para o verbal.

“A audiodescrição é um recurso que tem como base a tradução audiovisual intersemiótica, ou seja, do visual para o verbal, transformando imagens dinâmicas ou estáticas em descrições sonoras isentas de julgamento de valores e com o máximo de detalhes possíveis, relatando de forma harmônica toda e qualquer informação”, explica Mauricio Santana, diretor da Iguale.

Na peça de teatro, por exemplo, as cenas, o cenário, o figurino, os gestos dos atores, e todo contexto visual, são descritos, intercalando as falas dos atores, sem interferir no entendimento do público. A pessoa com deficiência recebe na entrada do teatro um receptor portátil com fone de ouvido para o qual é transmitida a audiodescrição, assim houve a narração do audiodescritor, sem causar qualquer tipo de incômodo aos demais na plateia.

Estas sessões com o recurso de audiodescrição fazem parte das atividades do Sesc Vila Mariana, dentro da 4ª edição da Virada Inclusiva, promovida pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, entre os dias 30 de novembro, 1 e 3 de dezembro, em todo o estado de São Paulo. Para saber mais acesse: viradainclusiva.sedpcd.sp.gov.br.

Segundo a assessoria do Sesc Vila Mariana, os ingressos estão esgotados para toda a temporada. No entanto, ainda há lugares limitados para atendimento a pessoas com deficiência visual, que podem ser adquiridos pessoalmente pela rede INGRESSOSESC, e nas bilheterias do Sesc São Paulo.

Sobre o espetáculo

No monólogo – “A arte e a maneira de abordar seu chefe para pedir aumento” –, um homem apresenta um organograma complexo e irônico sobre as possibilidades de sucesso e fracasso na angustiante missão de pedir um aumento no salário ao chefe.

Direção: Guel Arraes
Texto: Georges Perec
Tradução: José Almino

Nesta imagem o personagem do ator Marco Nanini está sentado em uma cadeira de escritório, olhando para frente. Tem a pele clara, os cabelos brancos e curtos, e aparenta 60 anos. Ele usa terno preto, camisa azul-claro e gravata vinho com bolinhas brancas. Segura um saquinho plástico na mão esquerda, que está apoiada na perna. O braço direito está dobrado para cima e a mão ao lado do corpo na altura da cabeça. Nela segura uma carteira de trabalho, azul com os escritos e o brasão da República em branco. Sua expressão é de desânimo: tem a testa franzida, as sobrancelhas levemente arqueadas, os olhos arregalados e a boca fechada e os lábios cerrados. O fundo é cinza escuro.  Crédito: Cabéra

Nesta imagem o personagem do ator Marco Nanini está sentado em uma cadeira de escritório, olhando para frente. Tem a pele clara, os cabelos brancos e curtos, e aparenta 60 anos. Ele usa terno preto, camisa azul-claro e gravata vinho com bolinhas brancas. Segura um saquinho plástico na mão esquerda, que está apoiada na perna. O braço direito está dobrado para cima e a mão ao lado do corpo na altura da cabeça. Nela segura uma carteira de trabalho, azul com os escritos e o brasão da República em branco. Sua expressão é de desânimo: tem a testa franzida, as sobrancelhas levemente arqueadas, os olhos arregalados e a boca fechada e os lábios cerrados. O fundo é cinza escuro.
Crédito: Cabéra

Agenda:

Espetáculo: A arte e a maneira de abordar seu chefe para pedir aumento

Teatro: Sesc Vila Mariana – Rua Pelotas, 141, Vila Mariana, São Paulo – SP.

Audiodescrição: Iguale Comunicação de Acessibilidade

Não recomendado para menores de 12 anos

Espetáculos ‘Toc Patoc’ e ‘Tu toca o que?’ terão interpretação de LIBRAS no Sesc Itaquera

Nestes espetáculos do grupo teatral Tiquequê, a Iguale marca presença com mais um dos recursos de acessibilidade comunicacional e cultural, a interpretação em LIBRAS

São Paulo, 28 de novembro de 2013 – Os espetáculos infantis “Top Patoc” e “Tu toca o que?”, do grupo teatral Tiquequê, estarão em cartaz no dia 1º de dezembro, com interpretação de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), no Sesc Itaquera, em São Paulo. Este recurso de acessibilidade será realizado pela equipe da Iguale Comunicação de Acessibilidade.

Segundo Maurício Santana, diretor da Iguale, a tradução e interpretação em LIBRAS em espetáculos teatrais promove a inclusão da pessoa com deficiência auditiva a esta tipo de arte, já que pode compreender as falas dos personagens e os sons que compõem o enredo do espetáculo.

Integrantes do Grupo Tiquequê, responsáveis pelos espetáculos Toc Patoc e Tu Toca o que? Integrantes do Grupo Tiquequê, responsáveis pelos espetáculos Toc Patoc e Tu Toca o que?

Para os integrantes da Carrapeta Produções, produtora cultural responsável por coordenar os trabalhos do grupo Tiquequê, a arte tem que ser para todos, em todos os âmbitos e níveis, como processo da democratização da arte. Porque desta forma, sentem que o trabalho que realizam fica ainda mais completo e rico.

Estas sessões com a interpretação em LIBRAS fazem parte das atividades do Sesc Itaquera, dentro da 4ª edição da Virada Inclusiva, promovida pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, entre os dias 30 de novembro, 1 e 3 de dezembro, em todo o estado de São Paulo. Para saber mais acesse: viradainclusiva.sedpcd.sp.gov.br.

Toc Patoc

A música é o fio que costura todas as outras linguagens do espetáculo: dança, teatro, brincadeiras tradicionais e narração de histórias. Cada número do show tem uma proposta cênica, inspirada em brincadeiras populares, danças tradicionais ou nas brincadeiras com a percussão corporal, a percussão com objetos do cotidiano (latinhas, galão de água, caixas de cds etc), e diferentes combinações entre as quatro vozes, o violão e o cavaquinho como suporte harmônico. No repertório, cantigas populares, de artistas contemporâneos e composições próprias.

Tu toca o que?

Uma mistura de música, brincadeiras, dança, teatro e contação de história compõe o espetáculo. Nele, os atores utilizam instrumentos tradicionais e outros construídos por eles próprios. Cada canção é desenvolvida a partir de uma proposta cênica, como uma coreografia inspirada em alguma brincadeira popular, ou em uma dança tradicional, ou simplesmente uma movimentação decorrente da percussão corporal. No repertório, além de composições próprias, o grupo traz canções contemporâneas, contos populares e cantigas de roda, em uma fusão que encanta crianças, pais e avós, de uma forma moderna e original.

Agenda:

Espetáculos: Toc Patoc e Tu toca o que?

Local: Sesc Itaquera – Av. Fernando do Espírito Santo Alves de Matos, 1000, Parque do Carmo, SP.

LIBRAS: Iguale Comunicação de Acessibilidade