Iguale faz audiodescrição ao vivo na Festa do Divino Espírito Santo de São Luiz do Paraitinga

O público com deficiência visual que este ano prestigia esta tradicional festa da cultura popular do interior paulista, ganha ainda mais acessibilidade com a inserção deste recurso acessível

1 de junho de 2017 – Até domingo, dia 4 de junho, acontece na cidade de São Luiz do Paraitinga, no interior do estado de São Paulo, a Festa do Divino Espírito Santo. Este ano, no entanto, por intermédio da parceria com a empresa 3D3 Comunicação e Cultura, a Iguale Comunicação de Acessibilidade marca presença fazendo, ao vivo, a audiodescrição para a programação musical deste tradicional evento da cultura popular do estado de São Paulo.

Descrição da imagem #pracegover: foto clicada de dentro da cabine de audiodescrição. No lado direito da imagem, o audiodescritor Leo Rossi, atento ao show, descreve os detalhes da apresentação que acontece no coreto, que está ao fundo, todo iluminado em tons avermelhados. Uma grande plateia assiste em pé uma das apresentações. Crédito: imagem de divulgação.

Descrição da imagem #pracegover: foto clicada de dentro da cabine de audiodescrição. No lado direito da imagem, o audiodescritor Leo Rossi, atento ao show, descreve os detalhes da apresentação que acontece no coreto, que está ao fundo, todo iluminado em tons avermelhados. Uma grande plateia assiste em pé uma das apresentações.

Nos dias 2, 3 e 4, a equipe da Iguale estará dedicada na produção do recurso de audiodescrição para os shows do cantor Sério Reis; Grupo Paranga; A Barca e também do cantor Renato Teixeira. Segundo Maurício Santana, diretor da Iguale, a iniciativa da audiodescrição nesta tradicional manifestação cultural e religiosa, proporciona a inclusão dos espectadores com deficiência, principalmente visual, que a partir do recurso têm melhor entendimento do rico conteúdo não verbal, inerente nestas apresentações e na festa em geral.

Santana explicou ainda que a audiodescrição, considerada um modo de tradução audiovisual intersemiótica (do visual para o verbal), narra emprestando a voz e olhar de um audiodescritor, todo o contexto visual que acontece ao longo da apresentação, com o máximo de detalhes possível e com o mínimo de interferência entre as falas e sons originais dos shows musicais”, detalha o diretor da Iguale.

Agenda:

Programação com audiodescrição da Iguale

Dia 2 de junho (sexta-feira): das 21h às 22h30 – Sérgio Reis e 0h à 1h30 – Grupo Paranga

Dia 3 de junho (sábado): das 22h30 à 0h – A Barca

Dia 4 de junho (domingo): 20h às 21h30 – Renato Teixeira

Para saber mais sobre o evento acesse o site: www.saoluizdoparaitinga.sp.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>